maggbahia@hotmail.com

sábado, 6 de abril de 2013

QUER PLANTAR UMA ROMÃZEIRA EM SUA CASA?

A romã é um fruto da romãzeira (Punica Granatum), árvore que de terras longínquas do Oriente, em especial do Irã e da Turquia.
Associado à paixão e à fecundidade, na Antiguidade, o fruto foi atribuído à deusa Afrodite por ser considerado afrodisíaco.
Presente nos jardins do Rei Salomão, a espécie foi cultivada pelos gregos, fenícios e romanos, que a tinham como um símbolo de ordem, fertilidade e riqueza.
A disseminação dos poderes medicinais de seus frutos, no entanto, ficou por conta dos povos árabes, que comumente cultivam a planta em jardins residenciais. Suas flores e seus frutos conferem à planta um ar ornamental e exótico.
A estrutura esférica dos frutos abriga pequenas sementes vermelhas que dão aroma e sabor especial a receitas árabes e mediterrâneas.

Sua árvore atinge de dois a cinco metros e se adapta bem a climas tropicais, subtropicais, temperados e mediterrânicos. 
No ocidente, o cultivo da espécie vem crescendo, mas tem sido feito principalmente em vasos de barro, devido à falta de espaço.


A variedade Nana (minirromazeira) é a mais apropriada para este tipo de cultivo.











Para ter em casa o maravilhoso fruto da romã, que remete ao perfume e às paisagens do Oriente, você precisa seguir alguns cuidados. Veja como plantar em um vaso de barro.

Materiais:

1 muda de romã Nana

pedrinhas de argila

1 parte de terra comum

1 parte de terra vegetal

2 partes de composto orgânico

1 vaso médio de barro com 60 x 60 cm
Como Fazer:

Forre com jornal o chão do local de trabalho. Coloque o vaso sobre o jornal. A ideia é facilitar a limpeza no final.

Coloque pedrinhas de argila suficientes para cobrir o fundo do vaso.

Misture os tipos de terra e o composto orgânico. Coloque uma camada desta mistura no vaso, sobre as pedrinhas. Disponha a muda sobre a camada e cubra com mais terra. Regue.

Este tipo de espécie necessita de boas doses de sol e água. Procure deixar a planta pelo menos quatro horas por dia ao sol e regue abundantemente, porém somente quando a superfície da terra estiver seca. Isso evita possíveis fungos causados pelo excesso de umidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não seja deselegante, utilize-se do seu espaço com dignidade.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.